Trabajo

As conseqüências do manejo sobre os ninhos de Dermochelys coriacea (Linnaeus, 1766), junto ao projeto Tamar-Ibama, Espírito Santo, Brasil

;

Cuadernos de Herpetología 15 (2): 97-106, 2001 dalpontmorisso@hotmail.com

Resumen

Foi analisada a viabilidade dos manejos de ninhos utilizados pelo Projeto Tamar-Ibama, para a esp écie Dermochelys coriacea nas temporadas reprodutivas entre 1989/90 e 1998/99. Este estudo foi realizado no litoral norte do Estado do Espírito Santo. As desovas foram manejadas de três diferentes formas: mantidas In Situ, transferidas para locais na praia e, ainda, para cercados de incubação. As análises realizadas mostraram que os ninhos que permaneceram In Situ obtiveram os melhores resultados em termos de percentuais de eclosão e números de embriões. Entre os ninhos transferidos, os que foram para os cercados de incubação geraram maior número de filhotes vivos e reduzido número de embriões grandes e pequenos. O único fator que não foi influenciado pela transferência dos ovos, foi o número de natimortos. Foi encontrada diferença significativa no tempo de incubação dos ninhos entre os manejos aplicados. É sugerida a manutenção de uma maior quantidade de ninhos In Situ, e, a criação de Unidades de Conservação em áreas com pouco desenvolvimento urbano e alta concentração de desovas.

Palabras clave:

Dermochelyidae; tortugas marinas; conservación; trasplantación de nidos; Projecto Tamar

Recibido: 10 Oct. 2001 ▪ Aceptado: 30 Nov. 2001

Dal Pont Morisso, E. & Krause, L. 2001. As conseqüências do manejo sobre os ninhos de Dermochelys coriacea (Linnaeus, 1766), junto ao projeto Tamar-Ibama, Espírito Santo, Brasil. Cuadernos de Herpetología 15: 97-106.